sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

Quero falar de uma coisa...

Milton Nascimento! Esse nome está presente na mente de todos que gostam de música popular e não apenas no Brasil! Um brasileiro que nos dá muito orgulho!


E pensar que o Bituca (como é conhecido no meio, pelo apelido de infância) sofreu muito preconceito no início de sua carreira! Despontou nos festivais com canções que logo se tornariam clássicos como Travessia e Morro Velho!


Um poeta! A voz do Brasil! Composições que se tornaram inesquecíveis na voz de Elis, Nana, Simone ou em sua incontestável interpretação! Milton compõe e o Brasil agradece pérolas como Coração de estudante, Canção da América, O Cio da terra, Clube da esquina, Para Lennon e Mccartney, Paula e Bebeto, Encontros e despedidas, o Rouxinol, Cais, Nos bailes da vida, Resposta, Caçador de mim, Maria Maria, Travessia, Morro velho...

Milton já foi gravado por diversos artistas e já gravou vários também, mostrando a veia de crooner que traz desde o início, quando rodava os bailes da vida, inclusive já fez um disco nesses moldes! Já compôs em parceria com Chico e Caetano, por exemplo e já gravou com Luiz Gonzaga, Nelson Gonçalves, Ângela Maria, Elis Regina, Fagner, dentre outros! Continua sendo um dos artistas mais conhecidos e respeitados internacionalmente!

Seriam muitas palavras para homenagear e descrever esse mega artista da Música do Brasil, mas tenho certeza que “A folha da juventude é o nome certo desse amor...”

Um forte abraço a todos!

3 comentários:

c. marley disse...

Nobre colega Everaldo,

Lembrando a gravação do dueto com RC,onde cantou "Coração de estudante" e fez parte do disco duetos do rei RC.

Um abração

juliana disse...

A voz do Milton é incontestavelmente linda. O período em que esteve diretamente envolvido com os grandes músicos que integravam o "Clube da Esquina", em Belo Horizonte, foi marcante em sua carreira e inesquecível para aqueles que vivenciaram tanta beleza. Felizmente, não se trata de uma época esquecida da MPB, e sim, de uma trajetória que se perpetuou, ganhando admiradores no Brasil e no mundo, como vc mesmo disse.

Beijos!

Anônimo disse...

O Milton tem algumas músicas geniais, falando de coisas simples do dia-a-dia, mas com uma carga poética impressionante. Muitas dessas vezes, acabam virando clássicos.

Fabiano Cavalcante
www.aplauso.zip.net