terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Roberto Carlos Especial 2003

Exibido em 20 de dezembro de 2003, com esse especial, Roberto Carlos lançou seu disco de inéditas intitulado de Pra sempre, aguardado desde 2001. E nesse especial cantou algumas das faixas que fizeram parte desse disco, como a faixa título Pra sempre (com direito a clipe com casais dançando e fotos de vários artistas que estão juntos há anos), Todo mundo me pergunta, O cadillac (também com direito a clipe) e Acróstico, algumas direto do show e outras com gravação em estúdio.

Do show gravado no Maracanãzinho, depois da abertura instrumental, tivemos Emoções, Amor perfeito, Força estranha, Como é grande o meu amor por você, Detalhes e Jesus Cristo, além da participação do tremendão Erasmo Carlos no dueto em É preciso saber viver e solo em Mesmo que seja eu. Com imagens de estúdio, onde Roberto comenta um pouco sobre as músicas novas e os convidados o show transcorre intercalando os depoimentos dele e os números musicais.

Em estúdio, o rei também recebe Zeca Pagodinho, de quem se diz fã, e ambos cantam Além do horizonte em ritmo de samba. Depois, sozinho, Zeca interpreta seu sucesso Verdade. Nas chamadas desse especial, ambos interpretavam Ai que saudades da Amélia, número que não foi apresentado, infelizmente! Nesse especial, já sentíamos um pouco mais de bom astral no rei, embora a tristeza ainda pairasse sobre seu sorriso. E vale lembrar também que desde 1998 não tínhamos convidados dividindo os vocais com o rei, então aqui tivemos a retomada desses duetos tão importantes na história da música brasileira.

Um forte abraço a todos!

Um comentário:

BLOG DO BARATTA disse...

Esse especial é um que ainda me falta em dvd. Tenho em VHS ainda rs. O disco Pra Sempre foi muito especial, adorei o disco. Mais uma vez adorei o especial. O que é interessante, e que eu já devo ter dito em outro comentário, pois eu vivo me repetindo, rs. É que Roberto pelo menos me leva a ouvir certos convidados que por minha própria iniciativa não ouviria. Zeca Pagodinho minha mãe adora. Um artista e ser humano fantástico. Bela postagem mano, abraço.