terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Feliz ano novo 2015!!!

E com esta postagem quero desejar a todos os amigos internautas, leitores do Blog Música do Brasil um Feliz ano novo 2015! Que todos possam ter uma ótima passagem de ano, sem exagerar nas bebidas, comidas ou farras, de um modo geral! Mas, podem exagerar em uma coisa: na boa música! Sem incomodar ninguém, podem ouvir qualquer música que lhes toque o coração neste momento!

Passagem de ano para alguns é um marco, para outros, algo banal! A verdade é que todos tem uma ou várias canções para reviverem este momento! Alguns vão de canções que nos remetem à paz, outros no tradicional Adeus ano velho feliz ano novo ou outras tradicionais desta época! Outros caem no samba ou frevo já emendando fim de ano com carnaval! Outros ditos mais antenados, abraçam os ritmos da moda e mergulham nas músicas atuais! 

Enfim, qualquer que seja a opção, que todos possam usufruir do melhor que esta passagem pode representar na vida de todos nós, sempre com muito amor e paz em nossos corações, de onde brotarão as boas atitudes para o ano que começará! E que cada doce seja uma nota afinada em nossa vida neste e em todos os anos em que tivermos o prazer de desfrutar!

Um forte abraço a todos!

domingo, 28 de dezembro de 2014

♫A paz (Heal the world)♫

Esta é uma belíssima canção do repertório do Michael Jackson, numa ousada, mas bem sucedida versão do Nando, para o disco de Natal do Roupa Nova, de 2007. Neste mesmo ano, o grupo participou do especial de fim de ano do Roberto Carlos, cantando esta canção em dueto com o rei, número este presente no mais recente lançamento de sua majestade.

A letra de A paz fala um pouco sobre o mundo que devemos deixar para nossas crianças, bem melhor que aquele que conhecemos. Na verdade, esta continuidade de bons sentimentos plantados é defendida durante toda a letra da canção, como a receita a se seguir na busca de um mundo melhor onde os bons valores são plantados e colhidos por todos!

A paz (Heal the world)
Michael Jackson e Nando)

É preciso pensar um pouco nas pessoas que ainda vêm, nas crianças
A gente tem que arrumar um jeito
De achar pra eles um lugar melhor
Para os nossos filhos e para os filhos de nossos filhos
Pense bem!

Deve haver um lugar dentro do seu coração
Onde a paz brilhe mais que uma lembrança
Sem a luz que ela traz já nem se consegue mais
Encontrar o caminho da esperança
Sinta, chega o tempo de enxugar o pranto dos homens
Se fazendo irmão e estendendo a mão

Só o amor muda o que já se fez
E a força da paz junta todos outra vez
Venha, já é hora de acender a chama da vida
E fazer a terra inteira feliz

Se você for capaz de soltar a sua voz
Pelo ar, como prece de criança
Deve então começar outros vão te acompanhar
E cantar com harmonia e esperança
Deixe que esse canto lave o pranto do mundo
Pra trazer perdão e dividir o pão

Só o amor muda o que já se fez
E a força da paz junta todos outra vez
Venha, já é hora de acender a chama da vida
E fazer a terra inteira feliz

Quanta dor e sofrimento em volta a gente ainda tem
Pra manter a fé e o sonho dos que ainda vêm
A lição pro futuro vem da alma e do coração
Pra buscar a paz, não olhar pra trás, com amor
Se você começar outros vão te acompanhar
E cantar com harmonia e esperança
Deixe, que esse canto lave o pranto do mundo
Pra trazer perdão e dividir o pão

Só o amor muda o que já se fez
E a força da paz junta todos outra vez
Venha, já é hora de acender a chama da vida
E fazer a terra inteira feliz

Um forte abraço a todos!

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Feliz Natal 2014!!!

Com esta postagem, quero desejar um ótimo Natal a todos os amigos leitores do Blog. Que todos tenhamos muita paz de espírito nesses tempos em que as pessoas parecem ter esquecido tal sentimento que deve aterrissar nesta e em todas as datas da nossa vida!

A nossa música, de tão rica, oferece variedades rítmicas a todos neste dia. Claro que cada um escuta aquilo que deseja ouvir. Os mais tradicionais, como eu, gostam de visitar os grandes clássicos, regravados recentemente por nomes como Simone, Chitãozinho e Xororó, Roupa Nova e Ivan Lins, pra citar alguns dos bons discos para se ouvir hoje.

Mas, como disse antes, cada um tem um gosto e aproveitam esta data também para curti-la de forma mais sonora, deixando com que a música deixe hoje e todos os dias mais felizes em suas vidas, portanto um Feliz Natal musical a todos!

Um forte abraço a todos!

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Roberto Carlos Especial 2014

Gravado no Rio de Janeiro e com a participação de Alcione, Luan Santana, do ator Alexandre Nero e da atriz Sophie Charlotte, vai ao ar nesta noite mais uma edição do tradicional programa Roberto Carlos especial que desde 1974 enobrece o fim de ano da nossa TV, sobrevivendo como poucos a mais uma edição!

Sem nenhuma nova canção para apresentar, Roberto desfilará seus sucessos consagrados como Emoções e Jesus Cristo, além de resgatar o sucesso Menina (1987), mas cantará pouco em português, já que o programa gira em torno da carreira internacional de sua majestade. Com isto, temos Café da manhã em inglês, homenagens a Elvis em dueto com Luan Santana, a Gardel com El dia que me quieras, a Sinatra e a Rod Stewart com a faixa Just the way you look tonight no dueto com Alcione que também inclui Desabafo em espanhol. A música italiana não poderia faltar, nem o clássico Canzone per te, tão importante em suas premiações internacionais.

Glória Maria foi intimada a continuar a dança de 3 anos atrás na canção Unforgettable, quando se apresentou em Jerusalém. E com os demais convidados cantou Mulher de 40, com Alexandre e Sua estupidez, com Sophie. E seu mais recente sucesso Esse cara sou eu, lançado este ano em espanhol também aparece no idioma de los hermanos. Dois corais completam a lista de convidados de um Roberto internacional como nunca visto. E a mesma roupa branca associada a mesma emoção de todos os anos deste programa que faz parte da mesa natalina da família brasileira e dos presentes de papai Noel!

Um forte abraço a todos!

domingo, 21 de dezembro de 2014

♫Um Natal Brasileiro♫



Ivan Lins lançou esta canção na tentativa de mostrar como seria um Natal em terras tupiniquins, segundo sua concepção! E esta reflexão é bastante necessária, pois a parte tradicional desta festa traz elementos do hemisfério norte, com direito à neve e a um Noel bastante agasalhado por conta do frio que se passa por lá, nesta época!

A letra de Um Natal brasileiro destaca, de forma muito simples e perfeita, como é o clima em nosso país, citando Betinho, figura referência em projetos solidários, como tantos outros grandes brasileiros que faziam e fazem todos os dias se tornarem Natais! O dueto com Simone, outra figura associada ao Natal por seu disco 25 de dezembro, é outro luxo a parte nesta grande canção!

Um Natal Brasileiro
Ivan Lins e Tavinho Dahera

Voa, voa, passarinho
Pousa de mansinho
No cartão-postal
Canta, conta, Padrezinho
Como que seria
Um feliz Natal

Que o Betinho imaginou
E que o povo tem de cor
Esquecer que dura só um dia
Lembrar velhas canções
Que um ano se anuncia
Mais paz nos corações
Beijar quem lhe faria
Feliz o seu Natal

Um forte abraço a todos!

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

CD e DVD Marisa Monte Verdade uma ilusão

Em tempos de poucas produções e de discos ao vivo, considero dentro do que acompanhei este trabalho como o melhor presente de Natal. Trata-se da mais recente turnê de Marisa Monte, registrada em CD e DVD e lançadas agora em 2014 - o show Verdade, uma ilusão.

Embora seja um projeto ao vivo, temos canções inéditas, fato também inédito em outros projetos do mesmo segmento lançados por aí: aqui consta uma leitura inédita de E.C.T. (sucesso na voz de Cássia Eller), uma versão de Ilusión (aqui, como Ilusão) e a belíssima mensagem Dizem, além da italiana Sono come tu me vuoi. No mais, clássicos da Marisa que os alterna em seus shows, afinal, repertório para isto lhe sobra!

Desta forma, temos canções marcantes como Depois, Diariamente, Infinito particular, De mais ninguém, Ainda bem, Verdade uma ilusão, Gentileza e Não vá embora, ao lado de outras canções menos representativas, porém belíssimas como O que você quer saber de verdade, Descalço no parque, Arrepio, Amar alguém e Lencinho querido, em um projeto que é um mimo, assim como é a Marisa para nossa música brasileira!

Um forte abraço a todos!

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Corais Natalinos

O corre-corre do fim de ano talvez iniba nossa atenção para eventos que acontecem nas praças, shoppings, locais públicos ou privados que envolvam o Natal. E são nesses eventos que brilham anônimos e famosos em corais, entoando os mais belos clássicos dedicados a esta festa.

Aqui no Brasil, tais corais poderiam ter mais investimentos e incentivos e também poderiam aparecer em outras ocasiões, pois creio que seja desnecessário perguntar quem não se emociona quando eles estão atuando, reunindo vozes de timbres alternados que, unidos, tocam toda nossa sensibilidade. 

Não importa a idade de seus componentes, nem o sexo, pois o que mais se evidencia é a forma como atuam no momento que nos lembra canções inesquecíveis e que, agora no Natal, se tornam instrumentos afinados do Menino Jesus! Por isso, aplauso a todos os corais que encontramos por aí construindo a trilha sonora desta festa e a tornando mais sensível e ímpar!

Um forte abraço a todos!

domingo, 14 de dezembro de 2014

♫Meu Menino Jesus♫

Roberto Carlos é figura certa no Natal dos brasileiros, pois há muitos anos escolheu esta data para lançar seus trabalhos, garantindo os presentes natalinos de seus fãs, com seus grandes e inesquecíveis sucessos! Em 1998, compôs um tema natalino, em parceria com Erasmo Carlos, chamado Meu menino Jesus.

A canção foi carro-chefe de seu disco anual e ressalta o verdadeiro sentido natalino: a gratidão a Jesus pela paz às famílias, pelo alimento cotidiano, o amor e a felicidade sonhada! O coral de crianças foi um luxo a parte para esta que pode até não se tornar um clássico natalino, mas que sinaliza com mais ênfase a contribuição deste que é o tradicional cantor desta festa brasileira!

Meu Menino Jesus
Roberto Carlos e Erasmo Carlos

Oh! Meu Menino Jesus
Na noite desse Natal
São as estrelas que brilham no céu
Do seu amor um sinal

Que em toda casa a alegria
Seja pra todos igual
Brisa de flor perfumando o jardim
Chuva de amor no quintal

E nessa noite feliz
Noite de paz e de amor
Todos veremos no céu
A estrela do Salvador

Te peço, Menino Jesus
Ponha na mesa de alguém
O que esse alguém sempre quis e não tem
Felicidade também

Um forte abraço a todos!

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

O reinado de Luiz Gonzaga!

Luiz Gonzaga faz mais um aniversário neste dia 13 e como não lembrar de um artista tão presente nas lembranças do brasileiro, sobretudo o povo nordestino que deve a nomes como o de Gonzaga, a difusão de sua cultura raiz, através de sua arte sempre atual!

Não é a toa que é tido como um rei, mesmo sem ter recebido tal título de nobreza, pois isso veio de um povo que considera sua obra algo que garante esse rótulo nobre! Suas canções são divulgadas, gravadas, citadas ou influências para outros que bebem de sua fonte e isto tornou-se algo bastante recorrente, sendo inesgotável e que nunca satura àqueles que tem em sua trilha sonora, um pouco ou muito de suas histórias!

O amor e a dor, as aves e a natureza, a partida e a chegada, a alegria e a tristeza, detalhes que somente um rei conheceria com tamanha propriedade! Enfim, ele não pediu para ser rei, não usou manto ou coroa, mas soube honrar o título que lhe foi conferido como uma retribuição do povo que bebeu dessa fonte que brota do sertão desse país!

Um forte abraço a todos!

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Blog Música do Brasil - 7° aniversário

E hoje este espaço completa mais um ano! O sétimo ano do Blog Música do Brasil que continua ativo mostrando os CD´s e DVD´s que aprecio, as músicas que são trilhas sonoras da minha e de muitas vidas, detalhes e curiosidades dos artistas que fazem desta a melhor música do planeta.


Este ano tivemos um destaque na série Partituras musicais onde alguns leitores, amigos nossos mereceram homenagens e mais virão em 2015. Continuamos a destacar também os compositores, músicos e encontros históricos da nossa música, vivenciando cada instante comemorativo com alguma trilha sonora nacional.


Muito obrigado a todos que fizeram esses 7 anos quererem se transformar em mais 7, 14, 21 ou quanto tempo Deus inspirar esse trabalho prazeroso, onde o lucro é saber que falamos desse tema fascinante chamado música brasileira, com suas estrelas e preciosidades!


Um forte abraço a todos!

domingo, 7 de dezembro de 2014

♫Um bom Natal♫

Dezembro traz consigo os clássicos natalinos e este ano não será diferente aqui no Blog quando abordamos canções que são trilhas deste e de tantos outros tradicionais fins de ano! Esta canção, por exemplo, conheci em um disco instrumental que possui na infância e só recentemente, quando comprei o CD natalino do Ivan Lins, é que conheci a letra.

Claro que me refiro à letra feita pelo Ivan para seu projeto, pois, por tratar-se de um clássico alemão que destacava o Pinheirinho natalino não conhecia sua tradição original. Nem sei se existe outra versão em português, mas, Ivan traduziu exatamente aquilo que desejamos nesta festa onde a harmonia se sobrepõe a qualquer sentimento menor!

Um bom Natal (O Tannenbaum)
Adaptação Ivan Lins

Um bom natal, um bom Natal
Com pinheirinhos de luz
Um bom Natal, e o que é o Natal
Nosso presépio traduz

Enfeites, cores, encantar
Que a noite é pra celebrar
Um bom Natal, nosso Natal
Viva o Menino Jesus

Um forte abraço a todos!

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

♪Partituras musicais dos fãs 16 - Fabiano Cavalcante♪

E hoje a série Partituras musicais está mais que especial pois traz um cara que, sem sombra de dúvidas está entre os 10 maiores fãs de Roberto Carlos deste país: nosso amigo Fabiano Cavalcante. Natural de Fortaleza/CE, Fabiano acompanha o rei há muitos anos, tem um filho com o nome do Roberto, além de ter programa de rádio e também manteve durante muitos anos sites em homenagem a sua majestade.

Conheci Fabiano ainda na época do Portal e depois pelo seu site aplauso! Um cara sempre atencioso, gentil e generoso que nos dá o prazer de conhecê-lo um pouco mais através dessa entrevista concedida como um presente de Natal a meus leitores, também seus admiradores:

1 - Uma música?

♪A música da minha vida é Emoções.

2 - Um momento musical inesquecível?

♪Eu tenho um pouco mais de idade e de loucuras, então você vai ter que me permitir citar mais de um:
- Meu primeiro encontro com o Rei, em Natal/RN, no dia do aniversário dele em 1999, logo após a estréia do show Romântico. Lembro segundo a segundo tudo o que aconteceu;
- O primeiro programa de rádio. O trabalho que deu para fazê-lo, os caminhos que foram percorridos, o número surpreendente de ligações, a aposta do meu amigo Beto Brito de que seria sucesso, a comemoração depois do programa e o cansaço que eu estava depois que terminou;
- O lançamento no rádio de um trecho da música Esse Cara Sou Eu, em primeira mão, com apenas 40 segundos, e ver o telefone explodir de ligações pedindo para repetir, e o trechinho ir parar nas mais pedidas da programação e só sair de lá quando foi substituída pela música completa;
- A gravação do primeiro especial do Rei que assisti. Os bastidores, as estrelas da TV ao redor, os erros e os momentos que não foram ao ar;
- Posso ficar citando inúmeros outros... 

3 - Qual show do Roberto gostaria de ter visto e não pode ver?

♪Eu gostaria de ter visto todos. Mas por ter nascido depois, por falta de idade ou de verba, os shows dos anos 60, 70 e até metade dos anos 80 eu não vi. Mas eu citaria 3 shows que eu gostaria de ter ido eu não fui: Jerusalém; Castelão (Fortaleza), em 1983; No Obá Obá (Fortaleza), em 1989, o único que deixei de ir desde 1984. Não fosse esse, eu poderia dizer com orgulho que tinha ido a TODOS os shows do Rei. O motivo? Não tinha o dinheiro suficiente.

4 - E qual foi o show inesquecível dele?

♪Todos os shows do Rei foram inesquecíveis e eu me lembro de todos eles. Alguns eu cheguei a assistir 10 vezes, e a emoção era a mesma. Mas para não parecer que eu só curto o Rei, vou citar outros de outros artistas: Fagner. O primeiro que fui, em 1986. Meu primeiro porre; Guilherme Arantes, Márcio Greyck, Renato e Seus Blue Caps, Eduardo Lages, Getúlio Cortes e Gilliard. Os shows que produzi, aqui em Fortaleza. Meus ídolos viraram meus amigos. Inesquecível isso.

5 - Você coleciona muitas coisas relacionadas a RC. Qual a primeira peça que conquistou para sua coleção? E o que ainda deseja ter?

♪A primeira peça que adquiri, foi um poster, daqueles comprados em banca de revista. Era uma revista poster. De um lado a foto da contracapa do disco de 1984 (Caminhoneiro), e do outro uma retrospectiva da carreira do Rei. Depois desse poster eu comecei a querer ter tudo do Rei. Tem tanta coisa do Rei por aí que eu gostaria de ter que a gente produziria várias páginas, mas cito duas: Meu Grito - cantada ao vivo em Recife no fim dos anos 60, e que foi gravada pelo jornalista Julio Sales, e que virou um tremendo sucesso nas rádios aqui de Fortaleza. Essa gravação é um mito. Deusa - essa música foi cantada pelo Rei na Rádio Cachoeiro de Itapemirim quando ele era criança. Os técnicos fizeram um disco de acetado e na década de 80, presentearam o Rei com esse disco. Será que alguém mais gravou? Ou será que só o Rei tem essa raridade? Como será que era a voz do Rei com 9 anos de idade?

6 - Durante muitos anos, você manteve o site Aplauso, referência na internet. Pensa em voltar algum dia?

♪Durante muito tempo a gente fez o site Planeta Rei, depois vieram o blog Aplauso e o site Fabiano Cavalcanti, sempre trazendo notícias e curiosidades do Rei. Bate uma saudade constante, mas acho que por enquanto é muito difícil a gente voltar porque isso me tomava um tempo imenso, porque eu me obrigava a ter uma postagem nova todos os dias e isso é uma tarefa muito complicada. Vamos ver...

7 - Você apresenta um programa de rádio há muitos anos. Fala um pouco sobre ele e quais momentos destacaria?

♪Quem me deu a ideia e me incentivou foi o meu amigo Beto Brito. E devo dizer que isso mudou a minha vida. Para cada programa, uma semana de trabalho, mas um prazer imenso. Receber uma ligação de um ouvinte dizendo que gostou, que se emocionou é como conquistar o campeonato toda semana. 15 anos de programa, 780 edições, 2496 horas no ar... é difícil citar até alguns. Quem sabe a gente escreve um livro qualquer hora dessas só para falar do rádio!

8 - Um compositor brasileiro?

♪Em décimo primeiro lugar*... Fagner. Depois a gente pode citar Geraldo Azevedo, Fausto Nilo, Erasmo Carlos, Chico Buarque, Djavan, Guilherme Arantes, Vander Lee, Benito di Paula, Davi Duarte, Eduardo Lages, Jorge Vercilo, Carlos Colla, etc. Uma terra rica de talento musical como a nossa não dá para citar poucos.

(*) Do primeiro ao décimo lugar: Roberto Carlos.

9 - Um músico brasileiro?

♪O músico é Roberto Carlos sob quaisquer aspectos.

10 - O arranjo que mais aprecia em alguma canção nacional?

♪Se eu não considerar as músicas do Rei, eu citaria Cigano, do Djavan. Me toca muito.

11 - Cite três discos que escuta e que considera os melhores que possui. (pode ser do rei ou de outros artistas também)

♪Pode parecer estranho, mas isso é por temporada. Tem semanas que elejo um certo disco e passo dias ouvindo, depois ele vai para a prateleira do esquecimento e outro toma seu lugar. Posso lhe dizer os 3 dessa semana:
- Fagner - Romance no Deserto,
- Roberto Carlos 1992 - Você É Minha,
- José Augusto - Na estrada.

12 - O que gostaria de ouvir Roberto cantar em seus shows?

♪Alô Roberto, se prepara que lá vai a lista: Sinatra - My Way, Fagner - Canteiros/ A Mesma Pessoa/ Canção Brasileira/ Fortaleza, Guilherme Arantes - Mágica Em Mim/ Quando o Amor Falou Mais Alto/Marina, José Augusto - Fantasias, Legião Urbana - Tempo Perdido, Roupa Nova - A Viagem, Flávio Venturini - Noites Com Sol, Simone - Migalhas/ Em Flor, Taiguara - Teu Sonho Não Acabou, Tim Maia - Leva, Titãs - Caras Como Eu, Tom Jobim - Dindi, Vander Lee - Românticos / Esperando Aviões, Victor e Leo - Não Me Perdoei, Zeppa - Incompatibilidade, Zizi Possi - Caminhos de Sol, Belchior - De Primeira Grandeza, Benito di Paula - Sonho em Preto e Branco, Byafra - Te Amo/ Seu Nome/ Leão Ferido/ Vinho Antigo, Chico Buarque - As Vitrines/ Pássara, Davi Duarte: Saudade Serena, Djavan - Se Acontecer/ Linha do Equador, Dominguinhos - Eu Me Lembro.

13 - Seu especial favorito?

♪Empatados em todos os critérios de emoção pra mim: 1988 e 1996.

14 - Um dueto inesquecível desses especiais?

♪Roberto Carlos e Ivete Sangalo - Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim. Eu estava lá e chorei junto.

15 - Quem ainda merecia ser convidado para o especial de fim de ano?

♪Guilherme Arantes, Ritche, Renato e Seus Blue Caps, Flávio Venturini, Vander Lee, Luan Santana, Fagner (de novo), Victor e Léo, Alex Cohen.

16 - Você é um dos responsáveis pela criação do dia nacional do Roberto Carlos, comemorado em 08/12. Como essa criação se deu?

♪O Dia Nacional do Rei Roberto Carlos nasceu meio que por acaso. Eu e um grupo de amigos estávamos vistando algumas rádios de Fortaleza para divulgar nosso programa. Um pouco antes de entrarmos em uma dessas rádios, eu e um amigo, conversávamos sobre o Dia de Roberto Carlos nos EUA. Eu explicava como foi a criação do Dia, os motivos, etc. Quando estávamos na rádio, todos sendo entrevistados no ar, esse meu amigo disse que achava que o Roberto era mais prestigiado lá fora do que aqui, e explicou que lá fora ele tinha até o Dia de Roberto Carlos. Na hora me veio o insight, mas não falei nada. Quando saímos da emissora eu disse para o meu amigo que ele tinha me dado uma grande ideia: criar o Dia Nacional de Roberto Carlos. Estrearíamos o programa com uma promoção para escolher qual seria o melhor dia. Falei com o Beto Brito, no Rio de Janeiro, e também utilizamos o site para que os visitantes pudessem opinar. 
Trinta dias depois tínhamos uma série de sugestões mas a data do aniversário do Rei (19/04) era a que tinha obtido a maioria esmagadora das sugestões. Eu reuni um grupo de amigos e expliquei minha visão - no dia do aniversário do Rei, naturalmente todo mundo já falava nele, já existia mídia e holofotes voltados para ele, e que deveríamos buscar outra data, preferencialmente que fosse um feriado nacional, assim, poderíamos comemorar todos os anos. O grupo concordou com meus argumentos. Fomos verificar as outras sugestões, e uma me agradou muito: 08 de dezembro, enviada pelo meu amigo Odival Lima. Os motivos que ele usou foram: Dia de Nossa Senhora da Conceição - o Rei era católico fervoroso; Dezembro é o mês que ele lançava seus discos todos os anos; era o mês em que ele apresentava seus especiais de fim de ano. A esses argumentos, acrescentei que dezembro era o mês de confraternizações, mês do nascimento de Cristo. Depois descobrimos que era também o Dia da Família. Pronto estava escolhida a data. Somente quando estava perto da primeira comemoração descobrimos que não era um feriado nacional e sim um feriado em várias cidades que tinham a Santa como padroeira. Aqui em Fortaleza era feriado, mas poucos anos depois deixou de ser porque já existia um feriado em homenagem a Nossa Senhora da Assunção, essa sim, a padroeira de Fortaleza.

17 - Além do rei, quais outros artistas aprecia na música brasileira?

♪Muitos, amigo. tenho mais de mil cds. Sou bastante eclético. Claro que tenho minhas preferências e pelas respostas anteriores dá para saber quais são. Mas registremos que os principais são: Fagner, Guilherme Arantes, Geraldo Azevedo, Vander Lee, Alex Cohen, José Augusto e Benito di Paula. 

18 - Um trecho de uma canção?

♪"Se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi" 

Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1981.

19 - Como define Roberto Carlos?

♪Um mito impossível de ser abraçado por uma única definição. Graças a Deus, eu fiz parte de uma geração que viu Roberto Carlos cantar ao vivo.

20 - Quem você sugere para entrevistarmos nesta série?

♪Beto Brito e Jean Baptiste.

Cara, um obrigado seria pouco diante de tanto que você já fez para o Roberto e pelos fãs dele, nos quais me incluo. Por isso, além desse obrigado e dessa simples homenagem, te saúdo como você fazia em seu programa, com o título dele: a você, o meu, o nosso aplauso!

Um forte abraço a todos!

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

A nova canção do Roberto Carlos

Há cinco anos atrás fiz uma postagem que deu o que falar, que apresentava o título de O novo disco do Roberto Carlos. Os amigos leitores entenderam e gostaram, mas houve polêmica por parte de alguns desavisados que reproduziram o texto por aí como algo verídico, já que eu brincava com uma nova capa e títulos de canções de um possível CD inédito do Roberto que até hoje não foi lançado.

Hoje, com mais cuidado, trato do mesmo tema, mas não vou me arriscar a postar alguma letra atribuída ao Roberto. Quero falar apenas do quanto seus fãs ficavam felizes ao ouvir suas novas composições ou interpretações nesta época do ano. Todos fuçavam as rádios que disputavam entre si para mostrar não apenas a nova canção, mas as dez novas canções que seriam sucessos do disco mais vendido do ano. Não quero atribuir a ele um peso maior que a cobrança de muitos que todos os anos reclamam por não terem mais um novo disco, uma nova canção sua. Mas, não posso deixar de dizer que ouvir uma nova música do Roberto era algo espetacular, um momento ímpar para quem aprecia seu trabalho ou para muitos que passavam a admirá-lo depois desse instante!

Creio que nem se escrevesse uma tese de mestrado ou doutorado, conseguiria explicar a emoção que este momento nos trazia e talvez a hostilidade que alguns tem com o Roberto atualmente, por sua fase pouco criativa, não consiga expressar o bem que ele já nos fez no passado. Recentemente, com Esse cara sou eu, revivemos um pouco dos tempos áureos em que ouvíamos "a nova" do rei, estranha no começo, mas que logo nossa sensibilidade assimilaria como integrante de um belíssimo repertório que encantava nossa alma! E, mesmo sem nunca mencionarmos isto, caberia um trecho de um desses clássicos de sua majestade: "Que bom se essa música não terminasse jamais..."

Um forte abraço a todos!

domingo, 30 de novembro de 2014

♫Conceição♫

Eis um clássico da música brasileira, um clássico do Cauby Peixoto, uma canção única, com nome de mulher que atingiu o patamar de grande música, de marca registrada de um artista que tanto representa para a história da nossa música. Raro na atualidade, no passado era comum termos canções com títulos de mulheres.

E foi isso que aconteceu a esta bem sucedida composição de 1956, que fala de uma moça pobre do morro, que se ilude com o amor, tentando sem sucesso, voltar a ter o brilho de antes desse momento. Uma letra pura, uma versão belíssima de um samba e a melhor voz desse país vestem essa canção clássica!

Conceição
Dunga e Jair Amorim

Conceição
Eu me lembro muito bem
Vivia no morro a sonhar
Com coisas que o morro não tem

Foi então
Que lá em cima apareceu
Alguém que lhe disse a sorrir
Que, descendo à cidade, ela iria subir

Se subiu
Ninguém sabe, ninguém viu
Pois hoje o seu nome mudou
E estranhos caminhos pisou

Só eu sei
Que tentando a subida desceu
E agora daria um milhão
Para ser outra vez Conceição

Um forte abraço a todos!

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

CD Roberta canta Roberto

E chegou o fim de ano e com ele uma lembrança já antiga: o novo CD de Roberto Carlos que vinha a cada ano encantar seus seguidores com suas novas composições, interpretações, arranjos, sua inesquecível voz e a capa azul. Um verdadeiro sonho para seus fãs! E este ano, Roberta Miranda realizou também um grande sonho de fã, ao gravar este título, mais um tributo todo com canções de Roberto, assim como já fizeram nomes como Nara Leão, Maria Bethânia, Pe. Marcelo, Paulo Ricardo, Sérgio Reis, Agnaldo Timóteo, Roberto Leal, Lulu Santos, entre outros!

E comecei relacionando esta obra a estes inesquecíveis momentos, porque, ao ver a capa do trabalho, me veio estas deliciosas lembranças do novo CD do rei. Estão lá a capa azul, alguns músicos do rei fazendo arranjos à sua maneira e os casando com o estilo Roberta e também estão lá os clássicos que compuseram a nossa vida a cada ano. Destaco as regravações de Fera ferida, O show já terminou, A distância e Do fundo do meu coração.

Mas, ainda temos As canções que você fez pra mim, Quando eu quero falar com Deus, Como é grande o meu amor por você, Se você pensa, Proposta, Eu te darei o céu, Nossa Senhora e Quando, esta última com a participação de Dudu Braga e o grupo RC na Veia. Um excepcional trabalho da fã, da grande intérprete Roberta Miranda, em tributo a um artista que durante muito tempo em nossa vida...

Um forte abraço a todos!

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Olhando as estrelas - 50

E chegamos à 50ª edição desta série, quando mostramos vários encontros entre nossas estrelas e com a conclusão de que muitos outros ainda virão a serem comentados, embora hoje em dia está cada vez mais difícil termos grandes encontros que chegam a ofuscar nossos olhos com tamanho brilho e emoção.

Faltam bons programas dedicados à cultura que promovam outros momentos como estes. Nossos artistas já não gravam com tanta frequência, nem seus projetos ao vivo ou de estúdio apresentam tanta repercussão como antes. Mesmo assim, grandes encontros continuam acontecendo e é este o balanço que fazemos quando refletimos sobre nossa riquíssima música.

Torcemos para que mais e mais nomes e ideias surjam para que eles componham, toquem, atuem ou cantem juntos, mostrando que da união de seus talentos que, vez por outra se cruzam, temos mais brilho e vigor nesta arte que tanto amamos que é a música brasileira!

Um forte abraço a todos!

domingo, 23 de novembro de 2014

♫Nua♫

Ana Carolina é mesmo o máximo! Daquelas cantoras, compositoras e intérpretes que vez por outra estouram com algum grande hit. Esta canção é um bom exemplo disto a que me refiro, que confirma o quanto é bom saber que a música brasileira ainda apresenta talentos assim!

Nua é uma canção melancólica que traz em sua letra um personagem que se sente desapercebido, mesmo carregando consigo um imenso amor. E de tão desesperado, este personagem ameaça ficar nu, o que seria o ápice do desespero humano, em busca de atenção. Anos atrás, Roberto e Erasmo cantaram algo assim em Vou ficar nu pra chamar sua atenção, gravada pelo tremendão e Preciso chamar sua atenção, que o rei adaptou para seu repertório. E Ana confirma que este tema é precioso e nos brinda com esta pérola:

Nua
Ana Carolina e Vitor Ramil

Olho a cidade ao redor
E nada me interessa
Eu finjo ter calma
A solidão me apressa

Tantos caminhos sem fim
De onde você não vem
Meu coração na curva
Batendo a mais de cem

Eu vou sair nessas horas de confusão
Gritando seu nome entre os carros que vêm e vão
Quem sabe então assim
Você repara em mim

Corro de te esperar
De nunca te esquecer
As estrelas me encontram
Antes de anoitecer

Olho a cidade ao redor
Eu nunca volto atrás
Já não escondo a pressa
Já me escondi demais

Eu vou contar pra todo mundo
Eu vou pichar sua rua
Vou bater na sua porta de noite
Completamente nua

Quem sabe então assim
Você repara em mim

Um forte abraço a todos!

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

♪Partituras musicais 15 - Carlos André♪

Este é o amigo Carlos André. Cara super educado, gente fina, que guarda consigo uma poção de juventude que, embora eu insista, ele nunca me revela. Talvez o segredo esteja na boa alma que este ser carrega e que todos seus amigos, virtuais ou não, percebem. Não lembro ao exato como o conheci, se pelo Blog Aplauso, que nosso amigo Fabiano tinha ou ainda pelo Portal Clube do rei.. 

Mas, a verdade é que os Carlos nos unem. Roberto e Erasmo estão no topo das preferências deste, que também é Carlos e que demonstra toda sua admiração em seu Blog Parei na contra mão. Natural de São Luís e, residindo em São Paulo, gentilmente, aceitou responder às perguntas que acompanhamos agora:

1 - Uma música?

♪Sem dúvida, Emoções

2 - Um momento musical inesquecível?

♪Quando fui pela primeira vez a um show do rei RC com o grande amor da minha vida (minha esposa Kátia). Foi no clube Aramaçã em Santo André - SP, inesquecível.

3 - Qual show do Roberto gostaria de ter visto e não pode ver?

♪O Show Amor, 1996.

4 - E qual foi o show inesquecível dele?

♪Sem dúvida, no Olímpia em SP 2005 quando estive com RC no camarim pela primeira vez, dia 14-05-2005.

5 - Qual a primeira peça que você conquistou para sua coleção? E o que ainda te falta?

♪Rapaz ainda falta muita coisa rsrsrs, O meu primeiro disco foi RC parei na contra mão.

6 - Há alguma que você considera como sendo seu xodó, dentro desta coleção?

♪Olha tem tanto xodó rsrsrs, Mas, se for pra destacar um eu destacaria meus livrinhos (Roberto Carlos em prosa e verso).

7 - Um compositor brasileiro?

♪Roberto Carlos.

8 - Um músico brasileiro?

♪Roberto Carlos.

9 - O arranjo que mais aprecia em alguma canção nacional?

♪O arranjo de Cavalgada (ao vivo), é de arrepiar.

10 - Você também curte muito o trabalho solo do Erasmo Carlos. Fala um pouco pra nós sobre isso.

♪Erasmo Carlos foi uma consequência, pois a obra do RC e EC são incontestáveis. São os mestres da nossa música e tenho bastante coisa do Erasmo. O tremendão é show de bola, é rock puro, além do que Erasmo canta músicas que jamais veremos RC cantar, eterno tremendão (gigante gentil), é de uma simplicidade impressionante e lembro que em 2011 fizemos a festa no camarim dele.

11 - Cite três discos que escuta sem pular nenhuma faixa. (pode ser do rei ou de outros artistas também)

♪Roberto Carlos 1981, Erasmo Carlos convida e Zeca baleiro Líricas.

12 - O que gostaria de ouvir Roberto cantar em seus shows?

♪haha, sem dúvidas, quero que vá tudo pro inferno.

13 - Seu especial favorito?

♪RC Especial 1993.

14 - Um dueto inesquecível desses especiais?

♪O meu dueto preferido: Roberto Carlos e Tom Jobim, cantando Lígia, em 1978.

15 - Quem ainda merecia ser convidado para o especial de fim de ano?

♪Muita gente, mas eu gostaria muito de um dia ver Roberto Carlos e Zé Ramalho cantando juntos.

16 - Qual dueto em disco gostaria de ver com Roberto?

♪com Julio Iglesias.

17 - Além do rei, quais outros artistas aprecia na música brasileira?

♪Gosto muito de Fagner, Zeca Baleiro, Zé Ramalho, José Augusto, Fábio Jr., esses estão no topo das minhas preferências juntos com RC.

18 - Um trecho de uma canção?

♪Em paz com a vida
E o que ela me traz
Na fé que me faz
Otimista demais

Se chorei
Ou se sorri
O importante
É que emoções eu vivi...♪

Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1981.

19 - Como define Roberto Carlos?

♪O maior artista brasileiro, eterno como suas canções.

20 - Quem você sugere para entrevistarmos nesta série?

♪O meu irmãozinho e seu xará Everaldo Mattos.

Carlos André, muito obrigado por sua sempre gentil atenção com seus amigos, nos quais, me incluo com muita honra. Quem sabe se, depois dessa simples, mas verdadeira homenagem, você não libera a poção da juventude que conhece? Ao menos, diante das suas palavras, já sabemos boas pistas sobre esta poção: viver com paz e com música!

Um forte abraço a todos!

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Os Músicos do Brasil - 56

Na novela global O clone, fez muito sucesso a canção Miragem. Seu autor, Marcus Viana, grande compositor e músico deste país. Natural de Belo Horizonte/MG, Marcus é multiinstrumentista, com destaque para o violoncello que toca e se torna referência! Filho de maestro, Marcus atua em orquestras desde 1972.

Participou compondo várias trilhas de novelas como Pantanal, Ana Raio e Zé Trovão e A idade da loba, Chiquinha Gonzaga, Terra nostra, A casa das sete mulheres, Aquarela do Brasil, além da já citada O clone. Também compôs trilhas de filmes, a exemplo de Olga, Filhas do vento e O mundo em duas voltas.

Reconhecido internacionalmente por nomes como o cantor americano Michael Bolton que, regravou Miragem e fez muito sucesso nos Estados Unidos e Europa, Marcus é muito respeitado por seus colegas e uma das suas mais recentes participações foi no DVD de Paula Fernandes, tocando na faixa Quando a chuva passar. Mais um excepcional músico que este país nos oferece!

Um forte abraço a todos!

domingo, 16 de novembro de 2014

♫Como nossos pais♫

Algumas canções são verdadeiros clássicos, sobretudo pelas letras que apresentam, sempre atuais a qualquer época. Como nossos pais pode entrar perfeitamente nesta afirmação, pois passam os anos e os novos e antigos cantores revivem esta pérola de Belchior, imortalizada pela Elis Regina.

A letra desta canção remota à época da ditadura neste país e vem carregada de metáforas, o que seria uma ousadia descrever cada significado dela e confesso não ter condições para tamanha ousadia. Por isto, destaco trechos que mexem bastante comigo como a importância de sonhar e construir tal sonho, não se inquietando com a conformidade das coisas e sempre cutucando nossa criatividade em busca de uma evolução humana melhor!

Como nossos pais
Antônio Carlos Belchior

Não quero lhe falar
Meu grande amor
Das coisas que aprendi
Nos discos
Quero lhe contar como eu vivi
E tudo o que aconteceu comigo

Viver é melhor que sonhar
Eu sei que o amor
É uma coisa boa
Mas também sei
Que qualquer canto
É menor do que a vida
De qualquer pessoa

Por isso cuidado, meu bem
Há perigo na esquina
Eles venceram e o sinal
Está fechado pra nós
Que somos jovens

Para abraçar seu irmão
E beijar sua menina na rua
É que se fez o seu braço
O seu lábio e a sua voz

Você me pergunta
Pela minha paixão
Digo que estou encantada
Como uma nova invenção
Eu vou ficar nesta cidade
Não vou voltar pro sertão
Pois vejo vir vindo no vento
Cheiro de nova estação
Eu sinto tudo na ferida viva
Do meu coração

Já faz tempo
Eu vi você na rua
Cabelo ao vento
Gente jovem reunida
Na parede da memória
Essa lembrança
É o quadro que dói mais

Minha dor é perceber
Que apesar de termos
Feito tudo o que fizemos
Ainda somos os mesmos
E vivemos
Ainda somos os mesmos
E vivemos
Como os nossos pais

Nossos ídolos
Ainda são os mesmos
E as aparências
Não enganam não
Você diz que depois deles
Não apareceu mais ninguém

Você pode até dizer
Que eu tô por fora
Ou então
Que eu tô inventando

Mas é você
Que ama o passado
E que não vê
É você
Que ama o passado
E que não vê
Que o novo sempre vem

Hoje eu sei
Que quem me deu a idéia
De uma nova consciência
E juventude
Tá em casa
Guardado por Deus
Contando o vil metal

Minha dor é perceber
Que apesar de termos
Feito tudo, tudo
Tudo o que fizemos
Nós ainda somos
Os mesmos e vivemos
Ainda somos
Os mesmos e vivemos
Ainda somos
Os mesmos e vivemos
Como os nossos pais

Um forte abraço a todos!

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

CD e DVD Adriana Calcanhotto Olhos de onda

Um dos melhores trabalhos produzidos e lançados em 2014, o CD/DVD Adriana Calcanhotto Olhos de onda ao vivo, gravado no Vivo Rio/RJ, onde a cantora interpretou seus maiores sucessos, além de lançar canção título inédita e estrear algumas em sua voz, como é o caso de Back to black, de Amy Winehouse e Me dê motivo, de Sullivan e Massadas, imortalizada com Tim Maia.

Gravado em fevereiro, mês que a cantora adora, segundo suas primeiras palavras, o show conta apenas com sua deliciosa voz e seu habilidoso violão, figurando uma ousadia, lançar um trabalho assim para um mercado cada vez mais exigente e que Adriana tirou de letra ao relembrar clássicos de seu repertório como Inverno, Esquadros, Devolva-me, Maldito rádio, Depois de ter você, Vambora, Metade e Maresia.

Além destes, temos também O nome da cidade, Três, Para lá, Sem saída, Motivos reais banais, Mais perfumado, E sendo amor, Canção de novela e Seu pensamento. Um excelente trabalho que pode figurar já como uma boa pedida para este fim de ano, onde o bom gosto musical repousa neste que é um os melhores de 2014.

Um forte abraço a todos!

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Os compositores do Brasil - 83

Mais um grande compositor, desconhecido da mídia, mas que tem suas canções gravadas na memória do povo brasileiro. José de Ribamar Cury Heluy, ou simplesmente Cury é um compositor maranhense que tem poucas informações na internet. Até foto é difícil encontrar e pesquei esta, com uma das suas intérpretes Marisa Monte.

Mas, seus sucessos sim permanecem na vida de milhões de ouvintes que reconhecem em suas obras grandes êxitos, a exemplos de Aparências, O que me importa e Quem é você, gravadas por tantos grandes nomes que vão desde Marisa e Tim Maia, até Fafá de Belém, Alcione, Adilson Ramos, Márcio Greyck, Belchior, Altemar Dutra, Ray Conniff, Agnaldo Timóteo, Agnaldo Rayol, Kátia, Wanderléa, Peninha, etc.

Cury integra um grupo seleto de grandes compositores, dono de extraordinários sucessos, mas que passa desapercebido pela grande mídia, pois os intérpretes se sobrepõem a eles. Entretanto, não podemos deixar de destacar trabalhos como os seus, que tornam a música brasileira mais preciosa!

Um forte abraço a todos! 

domingo, 9 de novembro de 2014

♫Ai que saudade d´ocê♫

Grande canção nas vozes de Fábio Jr., Fagner, Geraldo Azevedo e Elba Ramalho e, resgatada pelo Zeca Baleiro e sucesso na trilha da novela Império. Cada um à sua maneira transforma esta num verdadeiro clássico nordestino, com aquela pegada e letra que remete ao regional, sobretudo com o "ocê" e o clima que ela imprime ao ambiente, algo não comum a todas as canções!

A letra de Ai que saudade d´ocê fala, claro, de saudade, mas não daquela saudade acompanhada de dor e sim, daquela saudade que "tem solução". O pássaro leva o recado certo, cartas também são sugeridas, que justificam uma saudade momentânea de quem trabalha por um tempo maior, mas que logo estará de volta para resolver tudo isso!

Ai que saudade d´ocê
Vital Farias

Não se admire se um dia
Um beija-flor invadir
A porta da tua casa
Te der um beijo e partir
Fui eu que mandei o beijo
Que é pra matar meu desejo
Faz tempo que eu não te vejo
Ai que saudade d'ocê

Se um dia ocê se lembrar
Escreva uma carta pra mim
Bote logo no correio
Com a frase dizendo assim
Faz tempo que eu não te vejo
Quero matar meu desejo
Te mando um monte de beijo
Ai que saudade sem fim

E se quiser recordar
Aquele nosso namoro
Quando eu ia viajar
Você caía no choro
Eu chorando pela estrada
Mas o que que eu posso fazer
Trabalhar é minha sina
Eu gosto mesmo é d'ocê

Um forte abraço a todos!

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

♪Partituras musicais dos fãs 14 - Conceição Oliveira♪

Conceição, eu me lembro muito bem... Esse é um trecho do clássico do Cauby,  mas, aqui seria a Conceição do Roberto Carlos. A fã do rei, a Ceça, a Con, a moça tão simpática que tem seu próprio Blog, o Confissão, que também faz parte do Blog do maestro Eduardo Lages, do Portal Clube do rei e de todos os lugares que abriguem seus famosos beijos azuis.

A conheço desde as épocas do Portal e já a encontrei duas vezes, aqui no Recife, quando vem à trabalho, sempre muito simpática comigo. Conversei com Ceça sobre o assunto que mais nos une: a música, especialmente a do Roberto. Vamos à entrevista:

1 - Uma música?

♪São tantas...rsrs.

2 - Um momento musical inesquecível?

♪Um momento particular: Uma noite, há muito tempo atrás tive o privilégio de ouvir a música Como é grande o meu amor por você dedicada somente a mim! Inesquecível!

3 - Qual show do Roberto gostaria de ter visto e não pode ver?

♪Na verdade queria mesmo era ter assistido ao vivo o programa Jovem Guarda. Mas um show que eu queria muito ter ido e não fui foi o Elas Cantam Roberto.

4 - E qual foi o show inesquecível dele?

♪Foram dois: o primeiro que eu assisti ao vivo e isso foi em 1978. Veja um registro aqui:

E o show de comemoração dos 50 anos de carreira no Maracanã! Para mim, os dois foram muito emocionantes!

5 - Você também é fã do Eduardo Lages, então me diga qual canção dele mais lhe toca?

♪Confissão.

6 - E o que Eduardo ainda poderia gravar?

♪Acho que seria maravilhoso se ele gravasse um CD apenas com as suas composições. Imagino também um CD com convidadas, tipo Elas cantam Eduardo Lages, seria demais.

7 - Um compositor brasileiro?

♪Um só? Neste caso, Roberto Carlos.

8 - Um músico brasileiro?

♪Eduardo Lages.

9 - Cite três discos que escuta sem pular nenhuma faixa. (pode ser do rei ou de outros artistas também)

♪Álbum do RC de 1971,
CD Eduardo Lages Romances
CD O melhor de Djavan

10 - O que gostaria de ouvir Roberto cantar em seus shows?

♪Tantas músicas. Mas se ele cantasse Confissão, Na paz do seu sorriso, Olha e o Homem eu já ficaria imensamente feliz!

11- Seu especial favorito?

♪O de 1982

12 - Um dueto inesquecível desses especiais?

♪Dueto de Roberto Carlos e Maria Bethânia cantando Amiga, no especial de 1982.

13 - Quem ainda merecia ser convidado para o especial de fim de ano?

♪Vanessa da Mata, acho a voz dela muito linda!

14 - Qual dueto em disco gostaria de ver com Roberto?

♪Concordo com a sugestão dada aqui pelo nosso amigo James Lima, acho que Roberto Carlos e Paul MacCartney seria o máximo!

15 - Qual a capa que você mais gosta dos discos do Roberto?

♪Roberto Carlos de 1971. Acho muito linda a capa!

16 - Qual música que você gostaria que ele gravasse de outro compositor?

♪Oceano de Djavan

17 - Além do rei, quais outros artistas aprecia na música brasileira?

♪Sou eclética , gosto de vários. Meus preferidos: Tom Jobim, Chico Buarque, Caetano Veloso, Djavan, João Bosco, Zé Ramalho, Vanessa da Mata, Rita Lee, Cazuza. É uma lista enorme.

18 - Um trecho de uma canção?

♪Eu sei que vou te amar
Por toda a minha vida eu vou te amar
Em cada despedida eu vou te amar
Desesperadamente, eu sei que vou te amar...♪

Tom Jobim e Vinícius de Moraes

19 - Como define Roberto Carlos?

♪Único!

20 - Quem você sugere para entrevistarmos nesta série?

♪São vários que posso citar: Carlyle, Aninha (do Blog RC Braga), Zezé Pastrelo, Cida Campos, etc.

Minha querida, muito obrigado por tudo, pelo seu tempo dedicado, por sua amizade e tenha certeza que todos que leram essa entrevista receberão seus famosos beijos azuis em seus corações, onde você ocupa o espaço dedicado à amizade!

Um forte abraço a todos! 

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Os Intérpretes do Brasil - 41

Nelson Gonçalves também integra a lista dos intérpretes por excelência. Embora tenha composto alguns de seus clássicos como Fica comigo esta noite, a maior parte do seu repertório apresenta sua lapidação a obras de outros grandes nomes que, tiveram em sua inesquecível voz, a imortalização de suas obras, algumas, como já foi dito, verdadeiros clássicos!

Como não se deliciar em sua interpretação para Onde anda você, de Vinícius de Moraes? A meu ver, Nelson deu o toque definitivo a este clássico e o mesmo comentário pode ser dado a O negócio é amar, em parceria com Fafá de Belém. E quem poderia ser o intérprete de Herivelto Martins, se não Nelson? Basta ouvir Caminhemos ou Pensando em ti.

E o que dizer de outros clássicos como Nem às paredes confesso, Matriz ou filial ou até canções mais recentes como Meu erro e Nada por mim que também receberam sua lapidação! Adoro sua diferente interpretação para Como é grande o meu amor por você, em parceria com Joanna, o que mostra tratar-se de um ser que sabia bem mexer com um clássico, tornando-o ainda melhor!

Um forte abraço a todos!

domingo, 2 de novembro de 2014

♫Epitáfio♫

Dia de finados e sempre temos alguém que já partiu para a eternidade, que lembramos neste dia. Alguns, ainda com muita dor, outros com uma serena saudade. A reflexão que cabe bem é esta mensagem da canção dos Titãs, gravada também por Gal Costa e Fábio Jr. A palavra epitáfio não é tão popular e refere-se àquelas frases escritas geralmente em placas de mármores colocadas sobre os túmulos.

A letra de Epitáfio traz exatamente esta reflexão: quantas coisas deixamos para depois, quando vivemos este mundo de pressa, estresse e muitas coisas sempre adiadas. Quando esquecemos de contemplar coisas simples, mas que mudam nosso ânimo, nosso estado emocional, não percebemos que nosso tempo por aqui também tem um prazo de validade! Pérola dos Titãs!!!

Epitáfio
Sérgio Brito
Devia ter amado mais
Ter chorado mais
Ter visto o sol nascer
Devia ter arriscado mais
E até errado mais
Ter feito o que eu queria fazer

Queria ter aceitado
As pessoas como elas são
Cada um sabe a alegria
E a dor que traz no coração

O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar distraído
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar

Devia ter complicado menos
Trabalhado menos
Ter visto o sol se pôr
Devia ter me importado menos
Com problemas pequenos
Ter morrido de amor

Queria ter aceitado
A vida como ela é
A cada um cabe alegrias
E a tristeza que vier

O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar distraído
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar

Devia ter complicado menos
Trabalhado menos
Ter visto o sol se pôr

Um forte abraço a todos!

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Olhando as estrelas - 49

Roberto Carlos sempre teve uma veia sertaneja, pois afirma ouvir ainda na sua infância, clássicos entoados pelos mais variados nomes da música raiz do Brasil que ia desde Bob Nelson até Luiz Gonzaga. Na década de 80, declarou-se fã de uma dupla que já há algum tempo levantava a bandeira desse estilo e que tinha em sua lista de ídolos quem? O rei Roberto Carlos. Esta dupla era nada mais, nada menos que Chitãozinho e Xororó.

Eles gravaram De coração pra coração, Caminhoneiro, Nossa Senhora e também Eu preciso de você, esta última quando participaram do projeto Emoções sertanejas, em homenagem à sua majestade. Mas, Roberto também gravou coisas da dupla: Coração sertanejo ganhou uma belíssima versão do rei, que não deve em nada a versão imortalizada pelos irmãos anos antes. A dupla participou de quatro especiais do Roberto: 1986 (quando foram aplaudidos com muita emoção pelo rei ao cantarem De coração pra coração), 1991 (cantando Amazônia, número presente no CD/DVD Roberto Carlos duetos - 2006), 1992 (cantando Todas as manhãs) e 2005.

Aliás, 2005 é o ano auge desses encontros, pois foi ali que gravaram em CD um dueto juntos, sonho deles acalentado durante 14 anos quando surgiu a ideia e aguardaram a canção estar pronta: Arrasta uma cadeira, fonograma também cedido para o CD da dupla. Enfim, reverências de ambas as partes, estamos diante de astros que, em seus estilos, se influenciam, se admiram, se encontram e nos presenteiam!

Um forte abraço a todos!

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Os Músicos do Brasil - 55

E a série aborda hoje o produtor e músico Augusto César Graça Mello, mais conhecido artisticamente como Guto Graça Mello. Carioca, teve seus primeiros contatos com a música na década de 60, quando fez parte do Grupo Manifesto, que compôs canções gravadas por nomes como Elis Regina e Nara Leão.

Em seu vasto e riquíssimo currículo musical temos Roberto Carlos, Maria Bethânia, Milton Nascimento, Rita Lee, Elis Regina, João Gilberto, Caetano Veloso, Alceu Valença, Sandra de Sá, Gilberto Gil, Elba Ramalho, Gal Costa, Xuxa, entre tantos, além de ser responsável pelo lançamento do Barão Vermelho e Cazuza. 

Além disso, é produtor de diversos programas especiais da Rede Globo, como Tema de abertura do Fantástico, abertura da novela Pecado capital e outras trilhas de novelas. Um nome respeitado no meio por todos e que hoje ganha uma singela e merecida homenagem!

Um forte abraço a todos!

domingo, 26 de outubro de 2014

♫Cabecinha no ombro♫

Este é um grande clássico da autêntica música sertaneja nacional, interpretada por quase todos os grandes nomes que levantam essa bandeira e até por outros artistas quando desejam navegar por este mar. Nomes como Almir Sater, Sérgio Reis, Fagner, Roberta Miranda, Ângela Maria, Altemar Dutra, Nara Leão, são exemplos de vozes que ajudaram a imortalizar este clássico aqui no Brasil, pois também foi regravada no exterior.

A letra de Cabecinha no ombro traz uma temática simples, um consolo à tristeza de alguém que merece seguir em frente, buscando outro amor. E por ser uma letra simples, repetitiva, chama a atenção que sua repetição não a deixa enfadonha, sendo sempre bem entoada em qualquer boa moda de viola!

Cabecinha no ombro
Paulo Borges

Encosta a sua cabecinha no meu ombro e chora
E conta logo suas mágoas todas para mim

Quem chora no meu ombro eu juro que não vai embora,
Que não vai embora, que não vai embora
Quem chora no meu ombro eu juro que não vai embora,
Que não vai embora, porque gosta de mim

Amor, eu quero o seu carinho, porquê, eu vivo tão sozinho
Não sei se a saudade fica ou se ela vai embora,
Se ela vai embora, se ela vai embora

Não sei se a saudade fica ou se ela vai embora,
Se ela vai embora, se ela vai embora,
Porque gosta de mim

Um forte abraço a todos!

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

♪Partituras musicais dos fãs - 13 - José Orlando♪

Este é meu amigo José Orlando. Conterrâneo de Passira, interior de Pernambuco, vizinha da minha cidade natal Limoeiro, só conheci Orlando quando já não morava mais por perto, entretanto vez por outra, viajo até àquela cidade só para trocarmos algumas ideias, ou mídias, ou conhecimentos.
Gente da melhor qualidade, nossos primeiros contatos ocorreram via Portal Clube do rei e de lá pra cá, muitos papos e coisas compartilhadas que envolvem Roberto Carlos. Orlando tem uma locadora em seu município e, gentilmente aceitou conversar comigo através da entrevista que leremos agora:

1 - Uma música?

♪Tenho que citar pelo menos cinco canções: Amada amante (Erasmo/Roberto), Por amor (Erasmo/Roberto), Tente esquecer (Isolda),  De coração pra coração (Mauro Motta, Robson Jorge, Lincoln Olliveti e Isolda), O Homem (Roberto/Erasmo).

2 - Um momento musical inesquecível?

♪Quando dancei pela 1ª vez em 1985, com a canção De coração pra coração.

3 - Qual show do Roberto Carlos gostaria de ter visto?

♪O show do Palhaço de 1979.

4 - E dos que viu, qual foi o inesquecível?

♪O show da volta em novembro de 2000 no Geraldão.

5 -  Qual a primeira peça musical que você adquiriu?

♪O primeiro disco (Detalhes, 1971), que comprei em 1986.

6 - E o que você ainda deseja ter?

♪ Uma foto ao lado do Roberto Carlos.

7 - O que mais destaca em seu material sobre música?

♪As revistas e os dvds!

8 - Um compositor?

♪Teria que citar também uns 5:  Michael Sullivan, Isolda, Roberto, Erasmo e José Augusto.

9 - Um músico?

♪Broa (Trompetista), Severino Araujo.

10 - Um arranjo de alguma canção?

♪O arranjo de Cavalgada do show Detalhes de Eduardo Lages, foi uma das coisas mais lindas que ouvi.

11 - Quais teus discos preferidos? Dá pra citar 3?

♪Seriam muitos, mas como são 3 vamos lá: Ritchie (Voo de coração - 1983), Roberto Carlos (1978) e Roberto Carlos (1977). Isso só pra ficar com os nacionais, porque não poderia deixar de fora dois do Elvis: No Madison Square Garden, de 1972 e Country (I´m 10.000 years old)

12 - O que gostaria de ouvir Roberto cantar em seus shows?

♪Gostaria de ouvir Lady in Tramp (Ele cantou um trecho no show Detalhes - 1987),Você em minha vida, Na paz do seu sorriso, Alô.

13 - Qual teu especial favorito?

♪Gostei muito do 1976, 1977, 1979, 1981, 1983, 1988, 1990, 1991, 1993, 2000, 2003, 2012.

14 - Qual teu encontro favorito nesses especiais? 

♪Com Broa trompetista e com cantores da Velha Guarda (1976), com Maria Bethânia (1979), com Milton Nascimento (1985), com Chico Buarque (1993), com Erasmo em (1988 e 2005).

15 - Quem você gostaria que fosse convidado para o especial de fim de ano?

♪Cauby Peixoto, Agnaldo Timóteo, Zé Ramalho.

16 - E em disco, qual dueto você sugere ao Roberto?

♪Com Cauby Peixoto.

17 - Quais outros artistas da música brasileira você curte?

♪Ritchie, José Augusto, Agnaldo Timóteo, Cauby Peixoto, Erasmo Carlos,Luis Gonzaga, Jorge de altinho e Zé Ramalho.

18 - Uma frase musical?

♪"Quem Sabe um museu no futuro,
vai guardar em lugar seguro,
um pouco de ar puro
relíquia do ano passado...♪

Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1979.

19 - Como define Roberto Carlos?

♪A musica brasileira pra mim se define em 2 partes: antes de Roberto e depois de Roberto! Um grande compositor e intérprete! Simplesmente maravilhoso!

20 - Quem você sugere para entrevistarmos nesta série?

♪ Nosso amigo Eronildes Mergulhão.

Orlando, muito obrigado por seu tempo dedicado a esse acontecimento. Você agradeceu por eu o ter colocado "entre os grandes", mas eu não fiz nada. Você é que está entre os grandes, as grandes pessoas que fazem desse ambiente virtual algo melhor!

Um forte abraço a todos!

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Os compositores do Brasil - 82

Um compositor desconhecido da mídia, lembrado recentemente em um disco tributo da Zélia Duncan, este é Francisco José Itamar de Assumpção ou simplesmente Itamar Assumpção, cantor, instrumentista e principalmente compositor, sucesso da década de 80.

Entre seus sucessos estão Nego dito, Já deu pra sentir, Aprendiz de feiticeiro, Canto em qualquer canto, Código de acesso, Fico louco, Parece que bebe, Beijo na boca, Sutil, Milágrimas, Vida de artista, entre tantas, gravadas pelo próprio artista e também por nomes como Zélia Duncan, Cássia Eller, Mônica Salmaso, Jane Duboc, Luiza Possi, Ney Matogrosso, Rita Lee, Tom Zé, Nana Vasconcelos, etc.

Itamar partiu para a eternidade em 2003, mas continua presente em tributos prestados por seus colegas, como o CD Tudo esclarecido da Zélia Duncan, ou em algumas faixas de outros intérpretes que percebem nele uma arte a se divulgar!

Um forte abraço a todos!

domingo, 19 de outubro de 2014

♫Na rua, na chuva, na fazenda♫

Esta é a canção mais conhecida do compositor Hyldon, imortalizada por nomes como Tim Maia e também Kid Abelha. Gosto muito da versão do grupo de Paula Toller em dueto com Lenine, no acústico MTV da banda. Com apenas duas estrofes, repetidas várias vezes, essa canção nos remete a pensamentos bucólicos que habitam a paz de quem deseja tais paisagens.

É o que diz sua letra, citando um amor que ainda não foi superado, ao menos por um dos lados da relação, fazendo reconhecer que quem tem um amor sempre por perto deve valorizá-lo e buscar a conservação desse estado, buscando as bênçãos de lugares campestres para eternizar essa união!

Na rua, na chuva, na fazenda
Hyldon

Não estou disposto
A esquecer seu rosto de vez
E acho que é tão normal
Dizem que eu sou louco
Por eu ter um gosto assim
Gostar de quem não gosta de mim

Jogue suas mãos para o céu
E agradeça se acaso tiver
Alguém que você gostaria que
Estivesse sempre com você
Na rua, na chuva, na fazenda
Ou numa casinha de sapê

Um forte abraço a todos!

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

CD Fagner Pássaros urbanos

Feliz por ver, depois de cinco anos, um novo produto inédito do Fagner, um dos meus artistas nacionais favoritos, nas lojas. Pássaros urbanos tem produção de Michael Sullivan que também assina algumas das canções do novo álbum que também traz outros grandes compositores como Zeca Baleiro e Fausto Nilo, além de Belchior, Jaime Alem e Clodo Ferreira.

É certo que não temos um produto com canções totalmente inéditas, pois constam Paralelas e No Ceará é assim (que Fagner faz nova leitura, pois já tinha gravado antes). Mas, as demais são totalmente inéditas, o que abastece esse mercado tão carente de canções assim atualmente. Não é inédito trabalhar com Baleiro, mas é sempre prazeroso termos mais um dueto entre eles, na faixa Samba nordestino, além de terem composto juntos a faixa Toda luz.

Michael Sullivan assina as faixas Arranha-céu e Tanto faz (as mais lindas do CD, na minha opinião). Fausto Nilo assina quatro composições: a faixa-título Pássaros urbanos, Arranha céu, Versos ardentes e Balada fingida. Fagner também assina parceria com Clodo na faixa de abertura Se o amor vier e Jaime assina Doce viola. Um trabalho simples, com uma capa simples, encartes simples, e ao mesmo tempo, sofisticado na ousadia de lançar trabalho inédito de uma voz que tanto já emocionou esse país!

Um forte abraço a todos! 

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Show de Eduardo Lages no Recife!

E no último sábado, 11/10, diretamente do Recife Monte Hotel, prestigiei mais um show do grande maestro Eduardo Lages. A apresentação estava marcada para acontecer aos arredores da piscina do hotel, mas teve que ser transferida para um salão interno, por conta da chuva que insistiu em cair nesses dias de outubro. Entretanto, isso não diminuiu em nada o espetáculo que todos nós presenciamos com o homem que há mais de trinta anos é o maestro do rei Roberto Carlos.

Em um show intimista, Eduardo contou histórias e desfilou clássicos do seu repertório que mescla, além do Roberto, Tom Jobim, Bee Gees, Bossa nova e clássicos do cinema. Com isso, tivemos À distância, O calhambeque, Eu sei que vou te amar, Cama e mesa, Como é grande o meu amor por você, Chega de saudade, How deep is your love, Vista a roupa meu bem, Love story, Verão 42, Nossa canção, Carinhoso, Cavalgada, Emoções. Cada uma dessas canções mexia de forma profunda com os fãs que dançavam, cantavam e se emocionavam com tudo que ouviram naquela noite.

Eduardo também brincou com o público, quando anunciou um novo cantor pernambucano, que soltaria a voz na próxima faixa: Eu nunca amei alguém como eu te amei, que todos reconheceram ser a voz do rei ou "o cantor da sua orquestra." Outro ponto bastante inusitado foi quando o maestro pediu a um fã da plateia que tocasse apenas três notas e, com elas, fariam uma canção juntos. E não é que a música nasceu ali e ficou bonitinha? De minha parte, só posso agradecer a Deus o privilégio de estar ali, presenciar esse astro da música brasileira a quem tanto admiramos e fazer parte dessa noite, inesquecível e que escreve na memória de cada um que estiveram ali, sempre muitas emoções!

Um forte abraço a todos!

domingo, 12 de outubro de 2014

♫Lindo balão azul♫

Na minha infância tive Balão mágico, Bozo, Xuxa, Mara, Mariana, Eliana, Trem da alegria, Carrossel, Chaves, Os trapalhões e uma infinidade de desenhos que, em termos de televisão, posso dizer que foi uma infância feliz, mesmo sem existir internet e celular, nem condições financeiras para jogos de video games. Creio que qualquer criança de hoje em dia, teria vontade de passar uns dias nessa época.

E é desse tempo que vem uma canção que considero um clássico para a data de hoje, das crianças: Lindo balão azul, do Guilherme Arantes. Acredito que chegou o momento dos artistas perceberem que existia um público consumidor desse segmento e Guilherme, sempre sábio e talentoso, fez esse clássico puro e verdadeiro, inesquecível, apropriado e sempre atual quando o tema é criança! E conseguiu unir temas atuais também naquele momento como os balões e a passagem do cometa Halley.

Lindo balão azul
Guilherme Arantes

Eu vivo sempre
No mundo da lua
Porque sou um cientista
O meu papo é futurista
É lunático

Eu vivo sempre
No mundo da lua
Tenho alma de artista
Sou um gênio sonhador
E romântico

Eu vivo sempre
No mundo da lua
Porque sou aventureiro
Desde o meu primeiro passo
Pro infinito

Eu vivo sempre
No mundo da lua
Porque sou inteligente
Se você quer vir com a gente
Venha que será um barato

Pegar carona
Nessa cauda de comêta
Ver a Via Láctea
Estrada tão bonita
Brincar de esconde-esconde
Numa nebulosa
Voltar prá casa
Nosso lindo balão azul

Nosso lindo balão azul...

Um forte abraço a todos!

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

♪Partituras musicais dos fãs - 12 - Reginaldo Crescencio♪

O mundo é feito de pessoas simples e nisso consiste a nobreza de cada ser. Não o conheço pessoalmente, e tenho apenas poucas palavras trocadas com ele, pelo facebook, twitter ou Portal Clube do rei, de onde tenho as primeiras lembranças de postagens suas. Entretanto isso é suficiente para conhecer e admirar Reginaldo Crescencio.

Natural de Riachuelo/RN, Reginaldo vive atualmente em João Pessoa, na Paraíba. É fã do Roberto Carlos há muito tempo e comanda um programa de rádio semanal sobre o artista. Gentilmente, me concedeu essa entrevista, que leremos a seguir:

1 - Uma música?

♪Bom, se é pra citar só uma, saiba que é uma tarefa muito difícil, mas cito Você Não Sabe, de 1983.

2 - Um momento musical inesquecível?

♪Meu primeiro encontro com o Rei, até pela saga que foi, teve até noite de sono e fome. Meu amigo Adriano bem sabe.

3 - Qual show do Roberto gostaria de ter visto e não pode ver?

♪Ah, são muitos, o de 50 anos de carreira no Maracanã, Jerusalém, o Projeto Emoções, no dia 27/03/1983, em Natal, devido à morte do meu pai, que ocorreu no dia 24/03/1983 e á atras, os primeiros do Canecão.

4 - E qual foi o show inesquecível dele?

♪Olha, cada show tem uma emoção diferente, mas não esqueço o primeiro, no Geraldão, em 1991. Depois do Projeto Emoções, ele passou 11 anos sem se apresentar em Natal, então, tive que me deslocar até Recife para vê-lo.

5 - Você é radialista e faz um programa sobre RC. Há quanto tempo faz e como é seu programa?

♪Eu apresento o Programa Roberto Carlos Especial, desde 1997, primeiro na Rádio Arapuan FM e atuamente na Rádio Sucesso FM. Eu costumo dizer que o meu programa é diferente dos demais, por não ser apenas um vitrolão, que só toca músicas. No meu, temos "Os detalhes tão pequenos de nós dois", que são as curiosidades, a história, agenda e o principal, a participação do ouvinte.

6 - Conta também um momento inesquecível nesse tempo todo de programas que apresenta.

♪Já vivenciamos vários momentos inesquecíveis durante todo esse tempo, aniversário surpresa, pedidos de músicas inusitadas, como um ouvinte que pediu pra ouvir "A guerra das baleias". Temos os ouvintes que não sabem ou não lembram o nome da música e dão dicas para eu adivinhar. Um dia, um disse que queria ouvir uma música em que Roberto fala de uma moça num vestido azul. Se você não conhece a fundo a obra dele (Roberto) é capaz de cair numa saia justa, né mesmo?

7 - Há alguma peça em sua coleção que você considera como sendo seu xodó?

♪Hoje não mais. Por motivos financeiros, tive que me desfazer dela: O primeiro LP, Louco Por Você.

8 - Um compositor brasileiro?

♪dois: Roberto Carlos e Erasmo Carlos.

9 - Um músico brasileiros?

♪Roberto Carlos

10 - O arranjo que mais aprecia em alguma canção nacional?

♪Sou apaixonado pelo arranjo de "Você já me esqueceu", de 1972, mas aprecio também o arranjo de Jesus Cristo, criado pelo Maestro Eduardo Lages.

11 - Cite três discos que escuta sem pular nenhuma faixa. (pode ser do rei ou de outros artistas também)

♪Todos de Roberto Carlos. Não vejo em outro artista, seja nacional ou internacional, o potencial de ter criado nenhum disco que mereça ser ouvido sem pular faixa.

12 - O que gostaria de ouvir Roberto cantar em seus shows?

♪Sem sombra de dúvidas, Quero que vá tudo pro inferno. Gostaria também, de um clipe com a música Rotina.

13 - Seu especial favorito?
♪O de 1976.

14 - Um dueto inesquecível desses especiais?

♪De 1976, onde ele canta com os maiorais da Velha Guarda, Orlando Silva, Carlos Galhardo, Moreira da Silva, Aracy de Almeida e Dircinha Batista.

15 - Quem ainda merecia ser convidado para o especial de fim de ano?

♪Numa boa? Sempre achei as participações especiais um ótimo negócio para os convidados (haja visto as últimas), com raras exceção, lógico. A maioria eu vejo como papagaio de pirata.

16 - Qual dueto em disco gostaria de ver com Roberto?

♪Julio Iglesias. Aliás, desde 1988 que ouço falar nesse dueto, mas nunca aconteceu.

17 - Além do rei, quais outros artistas aprecia na música brasileira?

♪Apreciar, na acepção da palavra, nenhum. Ouço de vez em quando, o pessoal da Jovem Guarda.

18 - Um trecho de uma canção?

♪"Se as cores se misturam pelos campos é que flores diferentes vivem juntas." Pensamentos, Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1982.

19 - Como define Roberto Carlos?

Único, incomparável. O meu orgulho, talvez o único, de ser brasileiro.

20 - Quem você sugere para entrevistarmos nesta série?

♪Nosso diretor, Fabiano Cavalcanti.

Um abraço,
De coração pra coração
Reginaldo
"rcdetalhes"

Reginaldo, agradeço bastante sua participação e a forma como compartilhou todos seus conhecimentos e sua simplicidade conosco. Saiba que pessoas assim como você enriquecem nosso convívio e nelas percebemos a aplicação das melhores coisas ditas pelo Roberto em suas canções!

Um forte abraço a todos!